16 de junio de 2014

EBP-Delegação PB: Lumen 331



                                                                                                                                         Boletim Informativo Nº 331
                                                                                                                                            
15 de Junho de 2014

Nesta Edição:
Preliminares Corpo, do trauma ao sintoma
Semináriocom Marina Recalde
Apresentação do XX EBCF
Cartéis

Preliminares ao seminário com Marina Recalde

Aconteceu na última quarta-feira, em João Pessoa, a primeira das preliminares ao seminário Corpo, do trauma ao sintoma, que irá ocorrer em setembro e contará com a presença da AE argentina Marina Recalde.
Nesse primeiro encontro, trabalhamos o texto de Éric Laurent O trauma, generalizado e singular.
Desse ponto de partida, destacamos alguns pontos da discussão que servirão de norte para continuarmos essa investigação:
- a constatação do trauma como sendo a pedra angular da psicanálise, tendo sido elevada à categoria de conceito fundamental por Freud, desde os primórdios da psicanálise.
- o ensinamento freudiano de que o trauma se realiza em dois tempos e que o traumatismo acontece a posteriori permanece de uma atualidade impressionante.
- ao pensarmos nos nossos microtraumatismos sociais, corriqueiros e cotidianos e sua vinculação com a violência,  fomos levados a interrogar se nessas situações haveria trauma.
- paradoxalmente, a violência banalizada não seria traumática ?
- seria preciso uma báscula que poderia ser expressa em "do horror ao trauma"?
- ou seja, sendo preciso traumatizar o horror do ato traumático para que  o sujeito possa acordar do seu sonho de querer sempre dormir. 
algumas experiências em instituições que atendem sujeitos que sofreram algum tipo de trauma foram trazidas e pudemos avaliar como cada um experimenta de uma forma singular, uma situação de ser vítima de um ato violento.
- o trauma onipresente, segundo Laurent, condena os viventes a uma angústia pré-traumática mas não possibilita que se encare o pedaço de real que concerne a cada um. 
"O mundo da alegoria"de Walter Benjamin assim como a experiência de irrealidade provocada pelos artefatos da aldeia global foram destacados como um dos fatores que tem levado a se perder o caráter de patologia civil do trauma.
- por fim, pudemos avançar na própria topologia psicanalítica do trauma. A figura do toro serviu a Lacan para demonstrar como a linguagem constitui essa região que situa um sujeito num mundo onde Simbólico, Imaginário e Real se enodam . O trauma ganha assim um lugar de furo no interior do simbólico. 
- como responder a esse trauma? Esse será o caminho que pretendemos seguir; quais as respostas possíveis ao trauma?
por Margarida Assad e Cassandra Dias



Corpo, do trauma ao sintoma – seminário
Com Marina Recalde / AE AMP/EOL (Argentina)
Coordenação: Mª Cristina Maia e Margarida Assad
12 e 13 de setembro em João Pessoa


                  
Trauma nos corpos, violência nas cidades
"Do espaço íntimo ao espaço público, Sergio Laia e Fernanda Otoni Brisset apresentam o tema do XX Encontro Brasileiro: Trauma nos corpos, violência nas cidades".

esseOesse #5: 
http://www.encontrocampofreudiano.org.br/p/m2.html



"O cartel é um dispositivo fundamental da Escola de Lacan. Trata-se de um grupo de pelo menos três pessoas, cinco no máximo, sendo quatro a "justa medida", cujo objetivo é estudar e pesquisar um tema concernente à psicanálise ou em conexão a ela. Seus componentes se escolhem em torno de um tema de interesse comum, a partir do qual cada um recortará um aspecto ou questão. O cartel é um coletivo de trabalho, porém cada um trabalhará sua própria questão". (site da EBP- cartéis)
Os interessados em trabalhar sobre um tema específico podem inscrever seu cartel no site da EBP. Quando o cartel estiver formado, os componentes escolhem o mais-um que deverá inscrever o cartel no site. Toda a orientação se encontra no site: 
http://ebp.org..br/carteis/apresentacao/ 
Coordenação de cartéis na DPB
Margarida Assad

Cartéis Constituídos:
1.       TRANSFERÊNCIA
Pauleska Asevedo Nobrega (Mais-Um)
Cleido do Nascimento Cavalcanti
Jayane Kelly Gomes de Melo
Maria Stella Soares
Ana Ocilêide de Lima Bezerra
2.  A FUNÇÃO DA ESCRITA NA PSICOSE
Ana Ocileide de Lima Bezerra (Mais-Um)
Thayse Késsya O. de Almeida
Ana Cláudia F. Vasconcelos
         Juliana Fonsêca de A. Gama
  Johanna Sales Aragão
Procura-se Cartel

TEMA: DEVASTAÇÃO
Ana Paula Porto Luna- ap.pl@hotmail.com,
 Jocilda Azevedo <
jocildaazevedo@gmail.com
Euclides  
professoreuclides@outlook.com,
 Aury Tertuliano - Aurilandia 
aury.psi@hotmail.com
TEMA: FEMININO EM PSICANÁLISE
Josefa Kelly Cavalcante de Farias Araújo
Dominick Monteiro Gomes de Brito
Nayara Sátiro <nayarasattiro@gmail.com>,
             kelly araujo - 
kelly_cf@hotmail.com

TEMA: PSICANÁLISE COM CRIANÇAS
Débora Lima Barros
Poliana Dantas da Nóbrega
Bruna Pereira Nóbrega
                                                                                                                               TEMA: SABER E SEGREDO NA INFÂNCIA
Marlene Gonçalves de Brito Araujo
Ana Patrícia de Sousa Morais

TEMA: MODALIDADES DE GOZO NO CORPO
Helvia Vilar
Georgiana Furtado
  Jacicarlos Lima de Alencar  Jacicarlos Alencar- 
jacicarlos@gmail.com
Sthéfani Gomes - 
steniny@yahoo.com.br>,
     Carolina Marx - 
carolmarxpsi@yahoo.com.br
                                   Anne Jamile Sampaio- 
annejamilleribeirosampaio@gmail.com
Camilo de Lélis Lima de Souza   
 
TEMA: SEMINÁRIO 19 ... OU PIOR
Cassandra  - E-mailcassandraveras@gmail.com



PRÓXIMOS EVENTOS

           "Trauma nos Corpos, Violência nas cidades"
                XX Encontro Brasileiro do Campo Freudiano
           22 E 23 de Novembro – Belo Horizonte
               





__,_._,___
-->

No hay comentarios: