10 de agosto de 2011

Lançamento CARTA DE SÃO PAULO - ONLINE


Vivemos em São Paulo. Trânsito, construções, gente do mundo todo: uma metrópole alucinante. Freud nos ensinou que nesse burburinho estão dadas as melhores condições para o exercício da psicanálise. Assim, nessa cidade fascinante, a Psicanálise persevera. A Escola Brasileira de Psicanálise-São Paulo trabalha pela inserção da Orientação Lacaniana na cidade, pela integração entre os Institutos, pela participação dos membros nas atividades, em um empenho conjunto da Diretoria e do Conselho.

Lançamos hoje nosso boletim nova série “Carta de São Paulo online”, trazendo informações sobre acontecimentos relacionados à Psicanálise e dando sequência ao projeto de vitalizar a Seção São Paulo.

No programa da atual Diretoria, estão incluídos os seminários que comentam e discutem os Cursos de Jacques-Alain Miller, o esforço para novas publicações, a retomada das Jornadas e as conferências de convidados internacionais. Desta vez, Marie-Claude Sureau, Analista Membro da Escola (AME) da Escola da Causa Freudiana (ECF), em Paris, ao visitar São Paulo, fala sobre “O simbólico e o tempo”, colaborando na preparação das Jornadas de novembro “O Gozo feminino no século XXI”. E aproveitem para fazer a pré-inscrição!

Bernadette Pitteri


ABERTURA DE ATIVIDADES DA SEÇÃO SÃO PAULO

A Psicanálise resiste ao Século XXI?

A Psicanálise resiste ao Século XXI? De tempos em tempos alguém decreta o fim da Psicanálise, talvez porque o Simbólico, veículo da Psicanálise desde seus primórdios, esteja em constante mutação. Como encarar o simbólico fraturado no século XXI? Desafio que Marie-Claude Sureau se propõe a enfrentar com “O Simbólico e o Tempo”, conferência de abertura das atividades do segundo semestre de 2011, dia 10 de agosto às 21h na EBP-SP, Rua João Moura, 627-mezanino.

JORNADAS DA EBP-SP – 2011: “O GOZO FEMININO NO SÉCULO XXI”

Feminino, mulher e histeria, conceitos estreitamente interligados, têm sido, desde Freud, grandes temas para a psicanálise. As sensíveis modificações do simbólico no Século XXI permitem inferir que há também importantes mudanças no feminino, na mulher e na histeria neste século. A baliza representada pela função fálica encontra-se abalada. Se, por um lado, isto tem efeitos sobre os conceitos e altera fundamentalmente os sintomas e a clínica, por outro, talvez provoque uma certa idealização do feminino. Assim, o não-todo e o gozo feminino podem parecer soluções, resultados a serem obtidos da experiência analítica. Cabe discutir essa duplicidade do gozo feminino. E, mais ainda, no momento em que os sintomas atuais indicam uma pujança da pulsão de morte, o gozo feminino ser-lhe-ia um importante contraponto, quase um antídoto, ou iria na mesma direção?
Maria do Carmo Dias Batista – Coordenadora das Jornadas

Eixos de Trabalho

Os trabalhos dirigidos às Jornadas devem situar-se nos eixos seguintes:

  1. O não-todo e o gozo.
  2. A fluidez dos semblantes no século XXI
  3. Ciência, religião e o feminino no discurso hipermoderno.

PRÉ-INSCRIÇÃO PARA AS JORNADAS

Valores
  • R$ 250,00 - Membros e Profissionais
  • R$ 150,00 - Estudantes
    Aqueles que fizerem a inscrição no dia 10/8/2011 terão 10% de desconto.

Diretoria da EBP-SP
Diretor Geral: Luiz Fernando Carrijo da Cunha
Diretora Secretária-Tesoureira: Maria do Carmo Dias Batista
Diretora de Intercâmbio e Cartéis: Maria Margareth Ferraz de Oliveira
Diretora de Biblioteca: Maria Bernadette Soares de Sant’Ana Pitteri

EBP-SP
Rua João Moura, 627 cj. 193
CEP 05412-001 - São Paulo - SP

Telefone: 11 3081 8947
Fax: 11 3063 1626
e-mail: ebpsp@ebpsp.org.br
www.ebpsp.org.br
Blog: http://www.ebp-sp.blogspot.com/
Facebook Twitter


No hay comentarios: