22 de junio de 2009

[EBP-Veredas] Noites do Comitê de Ação


 


 

Congresso AMP Paris 2010

 

"Semblante e sinthome"

Noites do Comitê de Ação da Escola Una

Quarta-feira, 24 de junho – 21 hs

"O Outro que não existe, entre semblante e sinthome"

Coordena: Angélica Marchesini

Apresenta: Mauricio Tarrab "Savoir y faire". Comenta: Juan Carlos Indart.

   Apresenta: Adriana Rubinstein "Não todo". Comenta Flory Kruger.

 

Quarta-feira, 24 de junho, será a  segunda noite preparatória ao Congresso da AMP e levará por título, "O Outro que não existe, entre semblante e sinthome". Juan Carlos Indart comentará o artigo do Scilicet, "Savoir y faire", de Maurício Tarrab. O autor diferencia três modalidades de combinação entre saber e fazer, como modalidades de acesso ao real e situa aí, a preocupação de Lacan, quando coloca o "savoir y faire" com o sinthome, como o final da análise. O trabalho se desenvolve em torno da disjunção entre real e semblante e se este último não é mais que estafa, a estafa do semblante, como, em uma psicanálise se pode aceder ao real.

O segundo trabalho, o de Adriana Rubinstein, "Não-todo", será comentado por Flory Kruger. Adriana Rubistein atribui a um real - que ordena a clínica do último ensino de Lacan - o exílio dos sexos e a impossibilidade de escrever a relação sexual. Por isso, os encontros que se produzem entre homens e mulheres são sempre sintomáticos. Existem diferentes modos em que, apesar do exílio, sintomas e semblantes velam e suprem a relação sexual. A autora irá se referir a uma das modalidades de "como se elabora isso na fêmea, com o não-todo".

Vocês poderão ler os textos na página da AMP http://www.wapol.org/es/Template.asp . E encontrarão também, os comentários e a resenha da primeira noite.

 Responsável: Silvia Elena Tendlarz

Colaboradores: Carlos Dante García e Angélica Marchesini

 

.

__,_._,___


Discover the new Windows Vista Learn more!

No hay comentarios: